Notícias » Idade Média

Crânio encontrado acidentalmente pode revelar misterioso cemitério medieval na Irlanda

O esqueleto, revelado durante passeio despretensioso, pode trazer importantes informações sobre a arqueologia local

André Nogueira Publicado em 08/04/2020, às 12h01

Crânio humano
Crânio humano - Wikimedia Commons

Na Irlanda, duas pessoas descobriram, durante um passeio, restos mortais de uma pessoa, o que pode revelar um cemitério medieval há muito perdido. A descoberta foi feita à beira de um rio na cidade de Swords. Segundo o Irish Post, o casal “notou o que parecia ser uma caveira e uma caixa torácica saindo da terra nas margens do popular ponto de passeio”.

Uma investigação policial se iniciou após a revelação, mas um antropólogo forense logo anunciou que a ossada possui séculos de existência. Então, o material foi deixado sob responsabilidade de arqueólogos do Museu Nacional da Irlanda, onde revelou-se que o corpo veio de “um antigo local de enterro que data de cerca do século 15”, segundo o Irish Times.

Os restos encontrados / Crédito: Divulgação

 

É provável que se encontre uma necrópole localizada na região. Isso porque a cidade atual está localizada em um antigo assentamento medieval fundado por um santo irlandês no século sexto. A vila foi densamente povoada na Idade Média devido suas terras agricultáveis, e existiu até as invasões vikings. Os pesquisadores anunciaram que investigações baseadas na geografia padrão dos cemitérios cristãos da época serão realizadas.

Segundo relatou a equipe do museu, a presença do corpo pode também ser uma evidência de alguma estrutura eclesiástica medieval nas proximidades, pois elas normalmente acompanham necrópoles. Como a área era uma ocupação britânica na Irlanda, novas descobertas podem revelar informações sobre esse processo de colonização.