Notícias » EUA

Pesquisadores acreditam ter encontrado o crânio de Amelia Earhart

Mais de 80 anos após seu desaparecimento, os restos mortais da piloto podem ter sido encontrados em ilha do Pacífico e foram enviados para análises

Joseane Pereira Publicado em 29/08/2019, às 15h00

None
- Reprodução

Pesquisadores afirmam ter encontrado o crânio de Amelia Earhart em uma pequena ilha do Pacífico. Com o objetivo de ser a primeira piloto feminina a circunavegar o globo, Earhart desapareceu em 1937, ao lado do navegador Fred Noonan. Acredita-se que os dois tenham caído no atol desabitado de Nikumaroro.

O crânio, guardado em um museu na ilha de Tarawa, foi encontrado por colonos britânicos em Nikumaroro, no ano de 1940. Após se perderem enquanto iam para as ilhas Fiji, os fragmentos foram resgatados em uma expedição da National Geographic liderada por Robert Ballard, explorador que encontrou o Titanic naufragado. 

Ilha Nikumaroro / Crédito: Reprodução

 

Segundo a antropóloga forense Erin Kimmerle, o crânio pertencia a uma mulher adulta. "Não sabemos se é ela ou não, mas todas as linhas de evidência apontam para os ossos de 1940 neste museu", afirmou ela à National Geographic. Os resultados são esperados em alguns meses.

De acordo com Ballard, oficial aposentado da Marinha dos EUA, a equipe voltará à Ilha caso os resultados sejam positivos. O maior objetivo da expedição é encontrar o avião de Amelia, um Lockheed Vega 5B bimotor.

Amelia Earhart / Crédito: Reprodução

 

Famosa por quebrar vários recordes da aviação, incluindo ser a primeira mulher piloto a fazer a travessia transatlântica em 1932, Amelia tinha 40 anos quando desapareceu. Após o acidente, é possível que ela e Fred Noonan  tenham sobrevivido por meses em alguma ilha desabitada do Pacífico, antes de falecer por sede ou exposição ao calor.

Membros da National Geographic sugeriram que o cadáver de Amelia nunca foi encontrado por ter sido comido por caranguejos do coco, crustáceos gigantes que existem em Nikumaroro e se alimentam de pássaros, roedores e carne em decomposição.