Notícias » Canadá

Cresce o número de ameaças contra Justin Trudeau, alerta polícia do Canadá

O primeiro-ministro canadense e seus ministros foram alvo de mais de uma centena de episódios, segundo revelou um relatório da Royal Canadian Mounted Police (RCMP)

Vanessa Centamori Publicado em 14/08/2020, às 11h27

Justin Trudeau
Justin Trudeau - ´Wikimedia Commons

O número de ameaças contra o primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, aumentou em comparação com o ano passado, segundo alertou a polícia do Canadá. As informações são da BBC, que revelou dados importantes da Royal Canadian Mounted Police (RCMP).

Segundo a RCMP, durante os meses de janeiro a julho de 2020, o premiê e seus ministros foram ameaçados 130 vezes. Em comparação com o mesmo período no ano passado, houve um aumento de 100 ameaças a mais. 

O relatório da polícia canadense descreve vários incidentes de segurança voltados a funcionários federais do Canadá. Um exemplo é que em julho um suspeito armado tentou derrubar a entrada da propriedade da residência onde vive Trudeau. O indivíduo foi preso por ameaçar a segurança do premiê. 

A casa onde mora o primeiro-ministro e a família é por enquanto um chalé em Rideau Hall, enquanto a residência oficial da autoridade canadense passa por reformas. Na ocasião do ataque, Trudeau e os familiares não estavam na moradia não-oficial. 

Outras ameaças também são citadas pela RCMP envolvendo outros líderes do Canadá, como a governadora-geral Julie Payette, que representa de modo oficial a Rainha Elizabeth II. Outra que foi alvo foi a Ministra da Infraestrutura, Catherine McKenna.