Notícias » Arqueologia

Criança encontra raro cachimbo de 240 anos ao investigar horta de escola

O menino de sete anos disse: “estava procurando batatas quando vi uma forma estranha. A princípio pensei que fosse uma pedra, mas depois examinamos mais de perto”

Isabela Barreiros Publicado em 21/10/2020, às 14h17

O cachimbo de argila
O cachimbo de argila - Divulgação/Gazette and Herald

Nesta semana, Hugh Slater, aluno da escola primária de Walwayne Court, em Trowbridge, na Inglaterra, foi responsável por encontrar um raro cachimbo de pelo menos 240 anos, feito de argila. O menina de sete anos estava colhendo a safra de batatas da horta do colégio quando descobriu o objeto peculiar.

“Estava procurando batatas quando vi uma forma estranha. A princípio pensei que fosse uma pedra, mas depois examinamos mais de perto”, disse o garoto. Depois de encontrar o item, os responsáveis da escola chamaram um arqueólogo para que ele pudesse analisá-lo. 

Segundo o especialista Marek Lewcun, “o cachimbo data de depois de 1780 e apresenta as iniciais de Benjamin Morgan e de seu filho John Morgan, que trabalhou em parceria em Salisbury”. Ele explicou ainda que “Benjamin morreu em 1790, mas o molde continuaria em uso enquanto ainda estivesse em boas condições para fazer tubos”.

Após a pesquisa inicial no objeto, Lewcun constatou que cachimbos desse tipo são muito raros, pois poucos foram encontrados na Inglaterra possuindo duas iniciais no ramal. 

É um achado maravilhoso e nos dá um vislumbre da história da escola”, disse a diretora do colégio, Sharon Turley. "As crianças agora estão muito ansiosas para cavar em busca de mais achados arqueológicos e estão cobrindo a Idade do Ferro no próximo semestre, então estão pensando em cavar alguns poços de teste”, afirmou.