Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Estados Unidos

Criança morre por infestação de piolhos e mãe e avó responderão por assassinato

Caso envolvendo a jovem Kelcye, de 9 anos, aconteceu em março no Arizona

Fabio Previdelli Publicado em 04/07/2022, às 13h36

Sandra e Elizabeth Kraykovich - Delegacia de Polícia de Tucson
Sandra e Elizabeth Kraykovich - Delegacia de Polícia de Tucson

No Arizona, Estados Unidos, duas mulheres estão sendo acusadas de assassinato em primeiro grau após uma menina de nove anos, que estava sob o cuidado delas, morrer por conta de uma enorme infestação de piolhos

O caso aconteceu no final de março e mais informações sobre o episódio foram relatadas recentemente através de documentos publicados pelo Departamento Estadual de Segurança Infantil. 

A ocorrência

De acordo com registros, no dia 22 de março, por volta das 2h30 da manhã, o corpo de bombeiros foi chamado para o apartamento onde vivia Sandra Kraykovich, de 38 anos, e sua mãe Elizabeth Kraykovich, de 64. Lá, a jovem Kelcye, filha de Sandra, foi encontrada desacordada. Um trabalho emergencial foi feito, mas a jovem não conseguiu ser reanimada. 

Quando a polícia chegou, constatou-se que as condições de moradia no local eram perigosas. Segundo a equipe de emergência, “uma grande quantidade de insetos” foram encontrados no rosto de Kelcye. Duas outras crianças estavam no local, uma de 11 e outra de 13. Ambas foram descritas pelos investigadores como imundas. 

Conforme relatado pelo Arizona Daily Star, Sandra disse aos policiais que sua filha estava anêmica há alguns dias, apresentando sintomas como febre, vômitos, dores de cabeça, dificuldade para respirar e até dificuldade para andar. A mãe e a avó da jovem informaram que optaram por não levá-la ao pronto-socorro pois decidiram tratar seus sintomas com motrin — um anti-inflamatório. 

Em uma série de mensagens foram encontradas no celular de Elizabeth, algumas relatam que Kelcye não conseguia andar sem cair no chão e apresentava sinais de dificuldade para respirar. Ela chegou a acusar Sandra de querer passar mais tempo com seu namorado do que cuidar de sua própria filha. 

As outras duas crianças que estavam na casa também estavam com piolho. Uma delas, aliás, chegou a dizer à polícia que Sandra tentou tratar a infestação grave da jovem que morreu usando enxaguante bucal.

A prisão

Desta forma, tanto Sandra quanto Elizabeth acabaram presas por acusação de abuso infantil, visto a condição que as outras duas crianças estavam. Porém, após o relatório do legista, elas passaram a ser acusadas de assassinato, aponta o All That Interesting. 

Ela morreu de anemia por infestação de piolhos não tratada com desnutrição como um fator contribuinte”, apontou o Dr. Gregory L. Hess em relatório publicado ainda em maio. Kelcye também sofria de acúmulo de líquido em seus pulmões e necrose hepática.

A polícia de Tucson informou que Sandra admitiu que sua filha provavelmente morreu de negligência, dizendo que “se ela tivesse procurado atendimento médico, [Kelcye] provavelmente ainda estaria viva”.

Sandra e Elizabeth Kraykovich foram acusadas de assassinato em primeiro grau e estão detidas no Centro de Detenção de Adultos do Condado de Pima, onde aguardam julgamento. As outras duas crianças foram estão sendo cuidadas por outros familiares.