Notícias » Crimes

Crime que permaneceu 15 anos sem resposta é desvendado com ajuda de página no Facebook

Deborah Elaine Dean desapareceu em 2004 no estado americano da Carolina do Norte — e desde então seu paradeiro era desconhecido

Fabio Previdelli Publicado em 30/10/2019, às 17h10

Kimberly Hancock, à esquerda, foi presa no final da quinta-feira e acusada pelo assassinato de sua ex-colega de quarto Deborah Elaine Deans
Kimberly Hancock, à esquerda, foi presa no final da quinta-feira e acusada pelo assassinato de sua ex-colega de quarto Deborah Elaine Deans - Nash County Sheriff's Office

Em 2004, uma camareira desapareceu no estado norte-americano da Carolina do Norte sem deixar rastros. O crime intrigou os policiais locais que permaneceram mais de 15 anos sem encontrar uma pista sequer que os ajudassem a desvendar o paradeiro de Deborah Elaine Dean, que tinha 29 anos quando desapareceu.

No entanto, o caso sofreu uma surpreendente reviravolta depois que uma página do Facebook, chamada Fighting Crime News and Who's Wanded — que atualmente possui mais 63 mil seguidores — publicou um vídeo sobre o caso no último dia 20 de outubro, incentivando os usuários da rede social a compartilharem informações sob a promessa de manterem suas identidades em anonimato.

E o que parecia ser impossível, aconteceu. Após quatro dias do post, a cunhada de Deborah, Kimberly Hancock, de 49 anos, foi detida acusada de homicídio. O mistério foi resolvido graças a um e-mail recebido pelos administradores da página, que posteriormente foi repassado para Keith Stone, xerife do condado de Nash.

Post relatando o caso de Deborah Elaine Deans / Crédito: Reprodução Facebook

 

Keith revelou que a informação “se mostrou muito exata e confiável” devido à imensa quantidade de detalhes. De acordo com o xerife, os restos mortais estavam enterrados em uma cova rasa atrás do trailer de Kimberly. A identidade de Deborah foi atestada com um exame de DNA.

A administradora da página, que também não teve seu nome revelado, declarou que ”muitas pessoas não gostam de falar com a polícia simplesmente porque se sentem assustadas”. A página, criada em 2013, publica todo o tipo de denúncia no estado, que vão desde furtos até homicídios.


Saiba mais sobre temas bizarros através das obras abaixo

O Enigma das Múmias. Segredos Históricos da Arte da Mumificação nas Civilizações Antigas, David E. Sentinella (2008)

Link - https://amzn.to/2WtxwBF

Enciclopédia Do Incrível ao Bizarro, Marina Avila, Valquíria Vlad (2019)

Link - https://amzn.to/2WsPHY1

O livro do cemitério - Volume 2, Neil Gaiman (2019)

Link - https://amzn.to/34cTSdl

O cemitério, Stephen King (2013)

Link - https://amzn.to/2N2Bu0M

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.