Notícias » Polônia

Criptas e ruínas de túneis são encontradas em antiga capela dos Cavaleiros Templários

Na Polônia, pesquisadores estão realizando uma intensa investigação para desvendar os mistérios da poderosa ordem militar

Alana Sousa Publicado em 19/09/2020, às 11h15

Antiga capela dos Cavaleiros Templários
Antiga capela dos Cavaleiros Templários - Divulgação/Małgosia Krakowska

A ordem mais poderosa da cristandade, os Cavaleiros Templários exerceram grande influência durante a Idade Média. Até hoje relíquias e detalhes sobre a intensa — e breve saga —, dos combatentes são alvos de estudo e curiosidade. No entanto, ainda há muito o que se descobrir.

Menos conhecidas do grande público, capelas e fortes construídos no oeste da Polônia estão sendo objeto de pesquisa para arqueólogos, que buscam encontrar segredos da ordem militar que ainda não foram revelados.

Com início em 2019, uma série de escavações está em andamento em uma das mais enigmáticas pousadas dos Templários — no local, existe até mesmo o rumor que o Santo Graal estaria escondido há séculos.

De acordo com Przemysław Kołosowski, arqueólogo que luta para preservar a herança medieval da aldeia de Chwarszczany, sete criptas, fortificações e um possível túnel secreto foram localizados pelos pesquisadores.

Utilizando um radar de penetração no solo descobriu-se que, sob a capela de Santo Estanislau, estão enterrados corpos de alguns dos lendários cavaleiros. “Segundo lendas e documentos medievais, existia um poço nas proximidades da capela. Diz-se que o poço servia de entrada para um túnel secreto”, afirmou Przemysław Kołosowski em entrevista à CNN.

As investigações ainda continuarão para que, com sorte, no futuro, o túnel e mais vestígios da Ordem medieval sejam encontrados.