Notícias » Cuba

Cuba se torna primeiro país a aplicar vacina contra Covid-19 em crianças pequenas

As autoridades cubanas informam que a decisão foi motivada para o retorno das aulas presenciais

Penélope Coelho Publicado em 10/09/2021, às 09h44

Imagem ilustrativa de vacina e criança
Imagem ilustrativa de vacina e criança - Getty Images

De acordo com informações publicadas pela CNN, na última quinta-feira, 9, Cuba iniciou a vacinação contra o novo coronavírus em crianças e jovens entre 2 e 17 anos. Segundo as autoridades locais, a iniciativa é uma tentativa para a volta às aulas presenciais na ilha.

Com a decisão, Cuba se torna o primeiro país a distribuir o imunizante para crianças pequenas, de até 2 anos. Ainda no mês de setembro, o governo cubano já havia informado que as vacinas produzidas no país são seguras para serem aplicadas em crianças nessa faixa etária.

Sabe-se que em meio à pandemia de Covid-19 as aulas no país foram suspensas. A internet no regime comunista não é difundida, com isso, crianças passaram a assistir aulas através de programas exibidos diariamente na televisão.

Recentemente, o epidemiologista-chefe da região, Dr. Francisco Duran Garcia, afirmou que o aumento de casos de coronavírus em crianças é preocupante e também por esse motivo é necessário avançar na vacinação.  

“Com o aumento dos casos positivos de Covid-19 em crianças, é necessário que a família se proteja mais e por isso estamos protegendo nossas crianças e adolescentes”, afirmou Garcia.