Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Rússia

Dançarina do ventre é presa sob suspeita de ‘alta traição’ e espionagem na Rússia

Mulher detida em Moscou é suspeita de ser uma “especialista no campo das relações internacionais"

Redação Publicado em 16/06/2022, às 14h47

A dançarina do ventre ES Zavalishina, detida em Moscou - Divulgação/Redes sociais
A dançarina do ventre ES Zavalishina, detida em Moscou - Divulgação/Redes sociais

A Rússia prendeu em Moscou na última terça-feira, 14, uma dançarina do ventre de 33 anos, acusada de espionagem, sob suspeita de “alta traição” e de “trabalhar para estrangeiros”, segundo a agência russa TASS.

ES Zavalishina foi detida pelo Serviço Federal de Segurança da Rússia (FSB) na capital russa no momento em que se preparava para ir à Suíça, país que as autoridades sabiam com o qual ela mantinha contato.

Ela é suspeita de acordo com o artigo 275 do Código Penal da Rússia ('Alta Traição'). Seu caso ainda não foi examinado", informou o tribunal, que não detalhou a investigação criminal sobre o caso.

Segundo o UOL, as autoridades não informaram se a mulher possui alguma relação com o conflito que o país vive com a Ucrânia, nem sabem a quais nações Zavalishina estaria passando informações em sua espionagem.

Quem é a dançarina?

Até agora, as investigações dos serviços russos apontam que a dançarina do ventre estava registrada como empreendedora em "consultoria de negócios e gestão", embora tenha deixado de operar no mês de abril.

A mulher se formou na Universidade Estadual de Moscou em 2011 e já teria viajado para Estados Unidos e países da Europa e África. O FSB atua com a hipótese de Zavalishina atuar como uma "especialista no campo das relações internacionais". Ela deve ficar presa até agosto, enquanto o caso segue sendo investigado, segundo o The Mirror.