Notícias » Entretenimento

Dave Grohl sobre ação do ‘bebê do Nirvana’: ‘Ele tem uma tatuagem de 'Nevermind'. Eu não’

Spencer Elden abriu um processo contra a banda por exploração sexual infantil depois de ter estampado a capa do disco

Isabela Barreiros Publicado em 27/10/2021, às 13h57

O músico Dave Grohl e Spencer Elden segurando o disco 'Nevermind', respectivamente
O músico Dave Grohl e Spencer Elden segurando o disco 'Nevermind', respectivamente - Getty Images/Divulgação/Youtube/John Chapple

O músico Dave Grohl, ex-baterista da banda Nirvana, compartilhou recentemente sua opinião sobre o processo movido por Spencer Elden, conhecido como “bebê do Nirvana”, contra a banda, sob alegação de exploração sexual infantil.

Elden estampou a capa do disco ‘Nevermind’, lançado pelo grupo grunge há 30 anos, quando tinha apenas quatro meses. Ele afirma que a fotografia é um exemplo de pornografia infantil que ainda o causa enorme dano emocional.

Sobre a ação aberta na Califórnia no final de agosto deste ano, Grohl conversou com o portal Vulture e alfinetou Elden, que, aos 30 anos, já recriou a foto em que aparece nadando em uma piscina para alcançar uma nota de um dólar.

“Não sei se posso falar sobre isso porque não passei muito tempo pensando nisso. Eu me sinto da mesma maneira que a maioria das pessoas quando tenho que discordar. É tudo o que direi”, afirmou.

“Ouça, ele tem uma tatuagem 'Nevermind'. Eu não”, acrescentou o músico.

O artista também já havia falado sobre o caso quando disse que tinha “muitas ideias de como deveríamos alterar essa capa” no futuro, visto que, no processo, Elden pede que a foto que ele estampa não seja usada ou que ao menos a genitália seja censurada nas versões mais modernas.