Notícias » Brasil

De acordo com ministra da Agricultura o ‘boi é o bombeiro do Pantanal’

Para Tereza Cristina, se houvesse uma maior quantidade de gado no Pantanal, as queimadas teriam sido menores

Penélope Coelho Publicado em 09/10/2020, às 15h24

Tereza Cristina em 2019
Tereza Cristina em 2019 - Wikimedia Commons

Nesta sexta-feira, 9, durante audiência no Senado, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, afirmou que o boi é o "bombeiro do Pantanal", a mulher ainda complementou dizendo que se tivesse mais gado na região, os incêndios e o desastre no bioma poderiam ter sido menores. As informações são do portal de notícias UOL.

De acordo com a política, o fato de o boi comer capim seco e inflamável ajuda na prevenção para que o fogo não se espalhe: “O boi é o bombeiro do Pantanal, porque é ele que come aquela massa do capim, seja ele o capim nativo ou o capim plantado, que foi feita a troca, é ele que come essa massa para não deixar como este ano nós tivemos. Com a seca, a água do subsolo também baixou os níveis. Essa massa virou um material altamente combustível", disse Tereza Cristina.

Contudo, a teoria da ministra não é aceita por especialistas, que rebatem a fala da política afirmando que a lógica de o gado controlar, ou, evitar as chamas por se alimentar com matéria inflamável é um mito.

Atualmente, a situação do Pantanal é alarmante, de acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), os enormes incêndios na região já destruíram cerca de 14% da área total do bioma, tudo isso somente em setembro de 2020.