Notícias » Estados Unidos

De mãos dadas, casal americano morre de Covid-19 com intervalo de 1 minuto

Cal e Linda Dunham tinham 59 e 66 anos, respectivamente

Redação Publicado em 28/09/2021, às 14h00 - Atualizado às 18h22

Cal e Linda Dunham
Cal e Linda Dunham - Divulgação / Facebook

Um casal que vivia no estado norte-americano do Michigan morreu de mãos dadas após dias lutando contra a covid-19. Cal e LindaDunham estavam vacinados, mas tinham problemas de saúde preexistentes e, infelizmente, acabaram falecendo um após o outro em um intervalo de apenas um minuto. As informações são do UOL.

De acordo com Sarah, filha das vítimas, ambos começaram a se sentir mal durante uma viagem em família realizada neste mês. Eles haviam tomado as duas doses da vacina contra a covid, mas a doença se manifestou de maneira grave em razão de comorbidades que, até o momento, não foram informadas.

Meu pai me ligou antes de nossa viagem de acampamento em família e disse que não estava se sentindo bem, mas ele achou que fosse apenas sinusite, e Linda disse 'ele me passou seu resfriado'", declarou Sarah, conforme repercutido pelo FOX17. 

"No terceiro dia, eles me acordaram e disseram: 'Temos que ir porque não nos sentimos bem'. Eu os ajudei a guardar as coisas deles e eles foram embora", disse a jovem.

Infelizmente, o estado de saúde de Cal e Linda se deteriorou poucos dias depois, de modo que eles tiveram de ser colocados em ventiladores pulmonares.

Na segunda-feira, 27, eles vieram a óbito, após serem retirados do aparelho diante do que foi avaliado pelos médicos. Primeiro o homem, às 11h07, e depois a mulher, apenas um minuto depois. Ambos estavam de mãos dadas, conforme afirmou a filha.

"Ela sempre brincava e dizia: 'Bem, você vai antes de mim, eu estarei bem atrás de você, eu prometo'. E ela realmente estava, como se realmente estivesse bem atrás dele", declarou Sarah, em entrevista à emissora Fox 17.