Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Leilão

De quadros a capacete de D. Pedro I: Coleção de arte sacra e acervo da história do Brasil vão a leilão

Peças imperiais, coroas de prata, brasões, porcelanas e livros raros estão entre os itens a serem leiloados

por Giovanna Gomes

ggomes@caras.com.br

Publicado em 28/05/2024, às 14h31

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Algumas das peças a serem leiloadas - Divulgação
Algumas das peças a serem leiloadas - Divulgação

No último sábado, 25, teve início em São Paulo uma grande exposição com peças de arte sacra dos séculos 18 e 19, além de um vasto acervo de peças imperiais, coroas de prata, brasões, porcelanas da China e da Inglaterra, quadros e livros raros, pertencentes ao Espólio de José Celestino Monteiro de Barros Bourroul.

A exposição, que ocorre até o dia 2 de junho, das 14h às 20h, prepara o terreno para o leilão posterior que ocorrerá nos dias 3, 4, 5 e 6 de junho, a partir das 20h, na Avenida Morumbi, nº 5101, em São Paulo – SP.

Organizado pela Dutra Leilões, o evento destaca-se pela presença de imagens do Mestre Valentim, da Santa Gertrudes e de São Pedro de Alcântara, datadas do século 18, entre outras importantes peças.

Destaque também para uma coleção de Prata Brasileira, Custódias, Navetas e um exclusivo Piano de Antonin Petrof, de 1/4 de cauda, em madeira nobre envernizada da Checoslováquia do século 20, além de mais 640 itens relacionados à história e arte do Brasil.

Entre os itens de destaque ligados à história do Brasil, mencionam-se o Capacete de D. Pedro I da Imperial Guarda de Honra, o Brasão Imperial Cetro e a Mão da Justiça em mármore estatuário, além de uma raríssima Ermida em madeira policromada e dourada do século 18, entre outras peças importantes.

O catálogo deste leilão inclui também uma coleção de quadros a óleo sobre tela de importantes pintores nacionais e estrangeiros, bem como um conjunto de vinte técnicas mistas, nanquim, guache e aquarela de Belmonte, representando um estudo sobre as atividades dos bandeirantes.

Leilão de livros

Além das peças exclusivas a serem leiloadas, o evento contará com 450 lotes da biblioteca também pertencente ao espólio do Dr. José Celestino Monteiro de Barros Bourroul, composta por obras raras e exemplares de primeira edição.

Destacam-se exemplares como as primeiras edições do livro "Grande Sertão: Veredas" de Guimarães Rosa, com dedicatória de 1956; "O Saci Pererê" de Monteiro Lobato, "Resultado de um Inquérito" de 1918; "Os Sertões" de Euclides da Cunha de 1902, e "Romance de Santa Cecília" de Cecília Meireles, autografado pela autora em 1957, todos em primeira edição.

O leilão dos livros ocorrerá de forma online nos dias 10, 11 e 12 de junho, a partir das 20h, por meio deste link.