Notícias » Segunda Guerra

Depois de 80 anos, família recebe carta de soldado britânico morto na Segunda Guerra

Harry escreveu uma correspondência esperançosa, mas foi abatido pelos alemães dias depois

André Nogueira Publicado em 26/05/2020, às 10h47

Batalha de Dunkirk
Batalha de Dunkirk - Wikimedia Commons

Uma família britânica recebeu, finalmente, uma carta de maio de 1940, enviada pelo soldado Harry Cole na Bélgica durante a ocupação nazista da Europa. Oitenta anos depois do ocorrido, o documento retrata a esperança do jovem militar na derrota alemã, que não ocorreu naquele momento. Cole foi morto por um franco-atirador três dias depois de escrever a mensagem.

Segundo reportagem do East Anglian Daily Times, a correspondência foi perdida pelo esforço dos Aliados durante a Operação Dínamo, que evacuou rapidamente Dunkirk após a derrota. Depois de décadas de desaparecimento, a carta foi então recebida pelo irmão de Harry, Clemmie.

Carta de 80 anos / Crédito: Divulgação/Twitter

 

Durante a revista dos documentos no Regimento de Suffolk, procedimento padrão de guerra, a carta teria parado na mão de um oficial alemão e guardada num sótão em Bonn, na Alemanha, ate 1968.  Então, ela foi levada a uma embaixada britânica e arquivada até esse ano, quando foi entregue.

“A carta foi entregue ao irmão mais novo de Harry Cole como parte de um projeto para marcar os 80 anos desde a evacuação de Dunkirk”, afirmou o jornal Town 102, nas redes sociais. Clemmie ficou bastante comovido com o acontecimento.