Notícias » Rússia

Depois de enganar marido com gravidez falsa, mulher finge que bebês morreram no parto

Quando o homem foi enterrar os corpos de seus filhos, descobriu que eles eram bonecas; caso aconteceu na Rússia

Isabela Barreiros, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 12/02/2021, às 07h00

Boneca descoberta por Daud Daudov
Boneca descoberta por Daud Daudov - Divulgação

Um caso peculiar que aconteceu na Rússia chamou a atenção do mundo nesta semana. Daud Daudov, um pai em luto, acreditava que seus filhos tinham morrido logo após o nascimento e estava prestes a enterrá-los quando percebeu que eles, na verdade, eram bonecos.

A confusão foi ainda maior quando ele descobriu que sua mulher não tinha nem ao menos entrado em trabalho de parto: a gravidez era mentira. As informações são do UOL.

Quando percebeu que não eram bebês de verdade, o homem gravou um vídeo denunciando os médicos do hospital em que sua mulher teria dado à luz, acusando-os de tê-los trocado para traficá-los. Daudov afirmou que foi informado que a causa da morte foi hemorragia cerebral, que teria matado os bebês na última terça-feira, 9.

O islã não autoriza a abertura dos corpos de crianças, portanto, uma autópsia não pôde ser realizada para verificar tal fato. Segundo ele, sua esposa foi colocada em um táxi após o parto, junto com os corpos dos bebês. Depois disso, eles foram até o cemitério da família dele, na região de Daguestão, para realizar o enterro dos corpos.

Foi apenas aí que o homem percebeu que não eram crianças de verdade e fez a gravação. Na esperança de encontrar seus filhos, ele fez uma denúncia à polícia, que iniciou uma investigação sobre o caso. 

A situação ficou mais suspeita quando as autoridades descobriram que a esposa de Daudov não tinha nem ao menos dado entrada no hospital onde ela supostamente teve os bebês. A mulher passou por exame para que o parto pudesse ser confirmado, o que deu negativo.

"Mais tarde, a mulher confirmou por escrito que toda a história foi inventada", afirmou o prefeito de Starvpool, Vladimir Vladimirov, em entrevista ao site russo VK. Ela explicou que teve um falso positivo e não queria decepcionar o marido. 

"Eu vi como meu marido ficou feliz quando eu disse a ele que estava grávida. Eu não queria chateá-lo, e, portanto, decidi mentir para ele e para os nossos parentes, fingindo a gravidez", afirmou. "Eu enganei todos os meus parentes e meu marido. Lamento muitíssimo".