Notícias » Estados Unidos

Depois de passar por 'ressuscitação', homem apresenta incrível melhora nos Estados Unidos

O homem estava escalando uma montanha quando uma nevasca se intensificou deixando o homem inconsciente e com hipotermia

Caio Tortamano Publicado em 16/11/2020, às 14h23

O sobrevivente Michael Knapinski horas depois de ter uma parada cardíaca
O sobrevivente Michael Knapinski horas depois de ter uma parada cardíaca - Divulgação

Depois de se perder durante uma escalada no Parque Nacional do Monte Rainier, nos Estados Unidos, Michael Knapinski só seria encontrado no dia seguinte, em meio à neve. O montanhista foi levado de helicóptero até o hospital com o pulso baixo, sinais de hipotermia e inconsciente.

Logo após chegar, porém, o sobrevivente teve uma parada cardíaca e os médicos tiveram que iniciar procedimentos para reviver o homem de 45 anos. Para isso, o paciente foi ligado a um aparelho que filtrava o sangue em seu corpo, como um intermediário entre o coração e os pulmões do mesmo.

De acordo com o UOL, no dia seguinte o homem foi capaz de apresentar uma recuperação impressionante: já se alimentava sozinho e conseguia sentar em seu leito no hospital.

O diretor médico do hospital Harborview, em Seattle, Dr. Sam Arbabi, afirmou que Michael “estava à beira da morte”. "Ele estava tão morto quanto alguém fica antes de realmente morrer. Para essa pessoa voltar e o estado mental dela ser ótimo, é o mais milagroso que podemos ver na medicina”, completou Arbabi.