Notícias » Estados Unidos

Depois de tombar próximo a um porto nos Estados Unidos, navio será removido de maneira peculiar

A embarcação será partida ao meio com uma impressionante carga valiosa em seu interior

Penélope Coelho Publicado em 18/07/2020, às 15h41

MV Golden Ray, em setembro de 2019
MV Golden Ray, em setembro de 2019 - Wikimedia Commons

O navio MV Golden Ray ficou conhecido em setembro de 2019 após ter virado e tombado em St. Simons Sound, perto do porto de Brunswick, na Geórgia, Estados Unidos. A embarcação era um transportador de carros e na ocasião carregava 4.200 mil automóveis zero quilômetro. Depois do acidente foi declarada a perda total do navio, por isso, quase um ano depois do ocorrido ele será removido. As informações são do portal de notícias UOL.

Os carros das marcas Hyundai e Kia continuam dentro da embarcação e provavelmente também serão destruídos — já que não há meios para removê-los. Para fazer a retirada do navio, os especialistas afirmam que a única maneira é partindo o MV Golden Ray ao meio.

A embarcação tem quase 200 metros de comprimento, sua altura é equivalente a de um prédio de sete andares. Por isso, para cortá-lo será necessário o uso de um equipamento gigantesco chamado VB 10000 — a ferramenta irá fatiar o barco em oito partes. Depois disso, os restos do MV Golden Ray serão enviados até o estaleiro de sua empresa sul-coreana, para ser remontado e recuperado.