Notícias » Brasil

Deputada Flordelis diz que mandante do assassinato de seu marido foi sua filha Simone

Atualmente, o Ministério Público considera a parlamentar como mandante da morte do pastor Anderson, em 2019

Redação Publicado em 26/03/2021, às 09h45

Fotografia de Flordelis e Anderson
Fotografia de Flordelis e Anderson - Divulgação/Youtube

Na última quinta-feira, 25, a deputada Flordelis deu uma entrevista aoprograma de Pedro Bial, onde falou a respeito do assassinato de seu marido: o pastor Anderson — que foi morto a tiros na garagem da casa deles, em 2019. 

Atualmente, 11 pessoas respondem na justiça pelo crime, incluindo a própria deputada, que foi considerada a mandante do crime pelo Ministério Público. Vale dizer que a maioria dos outros acusados também pertence à família dos dois. 

Segundo o G1, que repercutiu as falas da parlamentar, ela afirmou que sua filha, Simone, foi a verdadeira mandante do crime, como reação aos abusos sexuais praticados pelo pastor.

"Além de estar com câncer, sofrendo com câncer, ela carregava isso sozinha, em silêncio, esses assédios, esses estupros. Ela carregava sozinha, Bial. Não estou defendendo ela, porque não concordo com o que ela fez. Eu discordo 100%. Ela não podia ter feito isso, não é matando que resolvemos os problemas", afirmou Flordelis

A deputada permanece em liberdade apenas por conta de sua imunidade parlamentar, todavia um processo que está em andamento no Conselho de Ética da Câmara dos Deputados pode anular seu mandato.