Notícias » Brasil

Deputada Tabata Amaral acusa Felipe Neto de praticar mansplaining

A discussão entre o Youtuber e a parlamentar se deu em um post no Twitter

Luíza Feniar Migliosi, sob supervisão de Pamela Malva Publicado em 12/08/2021, às 14h26

Fotografias de Tabata Amaral e de Felipe Neto
Fotografias de Tabata Amaral e de Felipe Neto - Divulgação/ Câmara dos Deputados/ Getty Images

A deputada federal Tabata Amaral (PDT-SP) acusou o youtuber Felipe Netode praticar mansplaining, ato que consiste em interromper falas ou explicar as coisas, muitas vezes óbvias, para mulheres, admitindo que elas não têm conhecimento sobre o assunto.

A discussão, que aconteceu no Twitter, começou quando Felipe Neto respondeu ao post de Mauricio Meireles que ironizava o Dia do Juiz com uma foto do influenciador digital. Neto afirmou que a parlamentar estaria irritada por ele ter cobrado explicações sobre seu voto a favor da privatização dos Correios e teria curtido a publicação sem saber que ficaria exposta aos outros usuários.

"Obrigada por me explicar como funciona o Twitter. Mansplaining que fala, né?", escreveu Amaral. "Ah pronto... Tabata, depois vai no whats me dizer onde que eu fui para "baixaria" contigo só por perguntar o que te levou a votar pela privatização dos Correios e dizer que isso só atende ao interesse dos bilionários, por favor", respondeu o youtuber.