Notícias » Reino Unido

Deputado conservador britânico renuncia após assistir pornografia durante debate

Neil Parish confessou ter visto vídeos pornográficos enquanto estava em sessão legislativa na Câmara dos Comuns

Redação Publicado em 02/05/2022, às 09h07

O deputado britânico Neil Parish
O deputado britânico Neil Parish - Chris McAndrew via Wikimedia Commons

O deputado conservador britânico Neil Parish confessou ter assistido vídeos pornográficos enquanto estava em uma sessão legislativa na Câmara dos Comuns na última semana, anunciando sua renúncia do cargo.

Outros parlamentares haviam acusado Parish de tal atitude, que teria sido mencionada por um membro do governo de Boris Johnson em meio a uma reunião com membros do Partido Conservador na última terça-feira, 26.

Suspensão 

No dia seguinte, uma investigação sobre o caso foi aberta internamente no partido, sem revelar o nome do deputado envolvido. Parish se entregou à comissão parlamentar dias depois, sendo suspenso do cargo enquanto durante o período de averiguação.

Em entrevista do último sábado, 30, ao The Daily Telegraph, o parlamentar afirmou que havia entrado no site “por engano”. Após anunciar sua renúncia, explicou melhor a situação à BBC.

"Eu estava procurando tratores", contou o ex-agricultor de 65 anos, como repercutiu o UOL. "Mas cheguei a outra página que tinha um nome semelhante e fiquei olhando ela por um tempo. Não deveria", continuou.

"Mas o erro, meu grande erro, foi que voltei uma segunda vez e foi deliberado", explicou, afirmando que tratou-se de um momento de “descontrole”.

"Apoiamos a decisão [de Neil Parish] de deixar o cargo de membro do Parlamento", comunicou um porta-voz do Partido Conservador do distrito de Tiverton e Honiton, onde Parish havia sido eleito ao cargo há três anos.