Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / EUA

Descoberta de Ômicron em veados preocupa nova-iorquinos

Especialistas temem pelo surgimento de novas variantes

Redação Publicado em 09/02/2022, às 10h25

Veado-de-cauda-branca macho - Wikimedia Commons / Scott Bauer
Veado-de-cauda-branca macho - Wikimedia Commons / Scott Bauer

Desde que foram descobertos casos de infecções pela variante Ômicron da Covid-10 em veados-de-cauda-branca, novas preocupações sobre a pandemia surgiram em Nova York.

Segundo pesquisadores da Universidade Estadual da Pensilvânia, foi constatado que 15% dos 131 veados capturados em Staten Island tinham anticorpos contra o vírus, o que sugere que os espécimes contraíram a Covid-19 anteriormente e que eles seriam vulneráveis ​​a infecções por novas variantes.

“A circulação do vírus em uma população animal sempre aumenta a possibilidade de voltar aos humanos, mas, mais importante, oferece mais oportunidades para o vírus evoluir para novas variantes”, declarou Suresh Kuchipudi, microbiologista veterinário da instituição que realizou o estudo.

"Quando o vírus sofre uma mutação completa, ele pode escapar da proteção da vacina atual. Então, teríamos que mudar a vacina novamente", afirmou Kuchipudi, segundo informações do G1.

O Departamento de Agricultura dos EUA explicou que, por mais que não haja evidências de que os veados estejam transmitindo o vírus para seres humanos, a maior parte das infecções foi relatada em espécies que tiveram contato com pessoas com Covid-19.