Notícias » Período Jurássico

Descoberta de ouro: homem encontra fóssil de 185 milhões de anos

Os vestígios de cefalópodes estavam dentro de pedras revestidas com pirita de ferro, um elemento metálico raro

Redação Publicado em 19/11/2019, às 14h40

Fósseis de cefalópode
Fósseis de cefalópode - Instagram

Apaixonado pela arqueologia, Aaron Smith, de 23 anos, coleciona fósseis e vive explorando os litorais de Yorkshire, um condado do norte da Inglaterra em busca das peças centenárias. Recentemente, ele chamou atenção nas redes após uma descoberta fascinante.

Pedra revestida de pirita de ferro, já polida / Crédito: Instagram

Entre as rochas de Sandsend Beach, o arqueólogo amador encontrou pedras arredondadas, revestidas com pirita de ferro, também conhecida como ouro dos tolos (um elemento metálico raro). Artefatos com esse revestimento sempre chamam atenção, já que, uma vez polidos, adquirem um tom dourado, que os deixa com a aparência de uma bola de ouro maciço.

Curioso, Aaron cortou as pedras ao meio. Por dentro do revestimento, um núcleo de calcário protegia diversos fósseis em formato de espiral. Descobriu-se então, que os vestígios pertenciam a um tipo extinto de cefalópode — uma classe de moluscos marinhos; hoje, os mais conhecidos são lulas e polvos.

 

A maior descoberta, no entanto, veio logo depois. Todos os objetos encontrados pelo arqueólogo datam do período jurássico e podem ter cerca de 185 milhões de anos. Animado, Aaron compartilhou todos seus achados através de sua conta no Instagram, onde posta vídeos de fósseis e de outros itens que encontra.

Fóssil em formato de espiral dentro da pedra / Crédito: Instagram

 


Saiba mais sobre arqueologia com os livros abaixo

Mistérios da Arqueologia e da História, Preston Peet (2015)

link - https://amzn.to/33Yh3bw

Uma breve história da arqueologia, Brian Fagan (2019)

link - https://amzn.to/2O1beEN

História do Pensamento Arqueológico, Bruce G. Trigger (2011)

link - https://amzn.to/334s1Lk

Manual de Arqueologia Pré-Histórica, Nuno Ferreira Bicho (2011)

link - https://amzn.to/2NZl4ab

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.