Notícias » Espaço

Descobriu 25 asteroides: Brasileira é premiada em projeto da NASA

Verena Paccola cursa medicina na USP, mas também é entusiasta da astronomia e se inscreveu no projeto internacional

Wallacy Ferrari Publicado em 12/01/2022, às 14h00

None
Arquivo pessoal / Verena Paccola

Estudante de medicina pela Universidade de São Paulo (USP), Verena Paccola já teve seus feitos na astronomia reconhecidos internacionalmente. Com 22 anos, foi premiada em Brasília pelo coordenador do programa ‘Caça Asteroides’, da Nasa, e pelo ministro Marcos Pontes, da Ciência, Tecnologia e Inovações, após descobrir 25 asteroides.

Entusiasta da astronomia, ela decidiu se inscrever no projeto internacional quando ainda era vestibulanda, chamando atenção por um dos corpos celestes inéditos localizados; trata-se de um ‘asteroide fraco’, cuja movimentação espacial é mais lenta que o comum.

Além disso, ele tem possibilidade de colidir com a Terra. A descoberta contribuiu diretamente com a agência espacial norte-americana, que agora estuda o tamanho e possível data de colisão do asteroide.

Em entrevista ao portal G1, a estudante explicou que, com o auxílio de um software que enviava imagens telescópicas, conseguia fazer uma análise numérica do objeto e verificar sua movimentação, gerando um relatório diretamente enviado para a Universidade de Harvard que, por sua vez, repassavas as informações para a Nasa.

Eu acabei descobrindo, então, um asteroide que é diferente, que ele se move mais devagar e é chamado de asteroide fraco nesse grupo, que são os asteroides mais importantes", lembrou a jovem.

"Eu descobri que existem classificações de asteroides, que na verdade eu nem sabia, porque eu sou da área da saúde", continuou. "Normalmente os que caem na Terra, que têm chances de colidir, são os asteroides fracos, então eles exigem uma atenção maior."