Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Segunda Guerra Mundial

Exploradores acreditam ter encontrado destroços de famoso avião da Segunda Guerra

Apelidada de "Marge", aeronave pertenceu ao famoso "Ás dos Ases" Richard Bong, e caiu em 1944; destroços foram achados em Papua-Nova Guiné

Avião do modelo Lockheed P-38 Lightning - Domínio Público via Wikimedia Commons
Avião do modelo Lockheed P-38 Lightning - Domínio Público via Wikimedia Commons

Recentemente, uma equipe de exploradores do grupo sem fins lucrativos Pacific Wrecks, dedicado a recuperar aeronaves de guerra perdidas em ação, descobriu em Papua-Nova Guiné os destroços de um avião de modelo Lockheed P-38 Lightning. Observando-o mais de perto, acreditam que se trata de uma nave pertencente a um famoso piloto, explica a AP.

Segundo o Heritage Daily, Richard Bong foi um piloto de caça de muito sucesso, que serviu em três missões durante a Segunda Guerra Mundial. Apelidado de "Ás dos Ases" de Wisconsin, ele é creditado como tendo 40 vitórias aéreas, lhe rendendo o título de um dos pilotos de caça com maior pontuação dos Estados Unidos.

Richard Bong / Crédito: Domínio Público via Wikimedia Commons

Bong faleceu no dia 6 de agosto de 1945, depois que sua aeronave, um P-80A Shooting Star, apresentou péssimo funcionamento na bomba de combustível. Na ocasião, o piloto se viu forçado a saltar para fora do avião, mas como estava muito baixo, seu paraquedas não foi acionado, e ele morreu ao colidir com o solo.

No entanto, antes disso, ele teve muito sucesso na guerra pilotando um caça Lockheed P-38 Lightning, cujo número de série é 42-103993, apelidado de "Marge". Esse apelido, por sua vez, era uma homenagem à sua namorada, Marjorie "Marge" Ann Vattendahl.

"Marge", no entanto, foi perdida em 24 de março de 1944, ainda antes de a Segunda Guerra Mundial acabar, enquanto era pilotada pelo 2º Tenente Thomas E. Malone. Na ocasião, ele estava em uma missão de reconhecimento meteorológico sobre Papua-Nova Guiné, mas uma falha elétrica e na hélice o fez perder o controle da aeronave; Malone conseguiu saltar e foi resgatado ao sul de Madang, enquanto o caça caiu na selva ao norte do país.

+ Robert 'Rosie' Rosenthal: O piloto da Segunda Guerra que 'não podia morrer'

Richard Bong ao lado do caça "Marge" / Crédito: Domínio Público via Wikimedia Commons

Descoberta

Agora, exploradores encontraram o que pode ser o velho caça "Marge" após dois dias de caminhada mata adentro na província de Madang. O avião foi encontrado com dois motores acima do nível do solo, ainda com a tinta vermelha característica de Bong e um estêncil do Exército dos Estados Unidos com os últimos dígitos do seu número de série.

"Esta descoberta não apenas homenageia a memória de Richard Bong, mas também serve como um lembrete dos sacrifícios feitos por todos aqueles que serviram durante a Segunda Guerra Mundial. É uma homenagem à sua coragem, ao seu serviço e ao seu impacto duradouro na história da nossa nação", afirmou em à WDIO NewsBriana Fiandt, curadora das coleções do Centro Histórico dos Veteranos de Bong.