Notícias » Arqueologia

Detector de metal revela broche de 1.100 anos no Reino Unido

O artefato foi encontrado em um caminhão de terra em meio a obras

Nicoli Raveli Publicado em 26/05/2020, às 13h52

Broche prata encontrado em Norfolk, no Reino Unido
Broche prata encontrado em Norfolk, no Reino Unido - Divulgação/Norfolk County Council

Obras em um campo localizado em Great Dunham, Norfolk, no Reino Unido, revelaram um broche anglo-saxão de 1.100 anos. A descoberta, no entanto, não permitiu que seu local de origem fosse identificado: o objeto foi localizado por um detector de metais em um caminhão repleto de terra.

Ao analisá-lo, arqueólogos acreditam que o artefato de prata, com gravuras de animais, seja datado do século nove e tenha sido perdido em Pentney, uma vila e paróquia civil no condado inglês de Norfolk, mas nem mesmo o proprietário das terras pôde afirmar o local de origem.

Desenhos de animais no broche de 1.100 anos / Crédito: Divulgação/Norfolk County Council

 

"Acho que seria muito difícil rastrear a procedência do broche agora. Acho que continuará sendo um mistério”, disse Steven Ashley, um dos arqueólogos do Conselho do Condado de Norfolk.

Mesmo diante do mistério, o Museu Britânico intitulou a descoberta como importância nacional e acredita que o broche prata tenha pertencido a uma pessoa de alto status da época.