Notícias » Arqueologia

Detector de metal revela raro item do Império Romano

O objeto de 63 quilos foi descoberto no País de Gales e ajuda a contar a história da região

Penélope Coelho Publicado em 24/06/2020, às 09h53

Fotografia do lingote encontrado
Fotografia do lingote encontrado - Divulgação / Shropshire Star

Reportagem publicada pelo jornal Shropshire Star revelou a mais nova expedição do especialista Rob Jones. O homem realizou uma descoberta significativa com ajuda de um detector de metais. O episódio pode ajudar a contar um pouco mais sobre a história do império romano, em Wrexham, País de Gales, Reino Unido.

O achado em questão foi um bloco coberto por chumbo — que segundo os arqueólogos data da época em que o império estava sob o comando de Nero, entre os anos de 63 d.C e 69 d.C.

Pesquisadores ao lado do artefato / Crédito: Divulgação / Shropshire Star

 

Os pesquisadores chegaram a essa conclusão graças a uma escrita em latim identificada no artefato. Devido a essa inscrição única, o bloco de 63 quilos pode ser considerado um objeto raro. Além de dar uma nova visão sobre a extração de chumbo na região, importante atividade para os antigos romanos.

“Foi sugerido no passado que uma exploração semelhante ocorreu na área de Wrexham ao redor de Minera e particularmente em Ffrith, onde há um local romano conhecido, embora evidências claras estejam ausentes [...] O objeto poderia nos dizer muito sobre esse importante período de nosso passado, ainda pouco compreendido nessa área do país.”, afirmou Susie White, diretora do Programa para Pequenos Objetos Arqueológicos, em entrevista ao Shropshire Star.

Assim que a descoberta foi realizada, Jones contatou imediatamente o museu de Wrexham. Agora o item faz parte do acervo oficial da instituição. O atual objetivo dos estudiosos é continuar explorando a região norte do País de Gales, a fim de localizarem mais objetos raros. Além de continuarem buscando mais informações sobre o bloco em questão.