Notícias » Nigéria

Dezenas de crianças são sequestradas em escola na Nigéria

As autoridades ainda não sabem o número exato de alunos sequestrados durante a ação, que se deu último domingo, 30

Giovanna Gomes, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 31/05/2021, às 10h13

Lápis sobre carteira
Lápis sobre carteira - Imagem de Monoar Rahman Rony por Pixabay

Um grupo armado invadiu uma escola na Nigéria na noite do último domingo, 30, e raptou inúmeras crianças. As informações foram repercutidas pelo portal de notícias UOL.

Segundo as autoridades, cerca de 200 alunos estudam no local, mas não há informações de quantos foram levados pelos criminosos. Sabe-se apenas que onze crianças, consideradas pequenas demais para caminhar, foram liberadas pelo grupo.

O porta-voz da polícia Wasiu Abiodun, explicou que os sequestradores chegaram de moto e, logo, começaram a atirar. Primeiro, eles mataram um morador local e deixaram um ferido e, só então, raptaram os estudantes da escola corânica Salihu Tanku. Conforme informou o governo do estado do Níger em uma publicação no Twitter, as crianças foram levadas juntamente com passageiros de um ônibus.

O mesmo comunicado indicou que o governador Sani Bello ordenou "às agências responsáveis pela segurança de encontrar e trazer as crianças de volta o mais rápido possível". O país, infelizmente, tem registrado um grande número de casos semelhantes, sendo que os crimes, geralmente, ocorrem em troca de resgate.

O diretor da instituição, que pediu para não ser identificado, disse que muitos alunos conseguiram fugir. "Inicialmente, os sequestradores pegaram mais de cem alunos, mas em seguida deixaram os que tinham entre 4 e 12 anos, que consideraram pequenos demais." Ele não soube dizer precisamente quantas crianças foram levadas.