Notícias » Curiosidades

Dezenas de pessoas sofrem com ataque de peixes carnívoros na Argentina

Caso aconteceu às margens do Rio Paraná; uma menina teve que amputar o dedo devido aos ferimentos

Isabela Barreiros Publicado em 25/11/2021, às 08h18

Registro de ataque das palombetas na Argentina
Registro de ataque das palombetas na Argentina - Divulgação/Youtube

Um ataque de palombetas, peixes carnívoros cuja espécie é bastante semelhante a das piranhas, feriu pelo menos 30 pessoas que estavam às margens do Rio Paraná, na província de Santa Fé, na Argentina, na última segunda-feira, 22.

O incidente aconteceu em uma das praias de água doce da região, durante o período de calor argentino, em que turistas passam a visitar os locais sem se atentarem à presença de tais animais nas águas.

Uma garota de 13 anos foi ferida pelo peixe carnívoro e teve que amputar o dedo do pé devido aos ferimentos das mordidas. Ela recebeu um um enxerto no quinto metatarso, na região do dedo mindinho após ser operada.

Segundo o jornal local Perfil, a ocorrência de palombetas é muito comum nesta época do ano em praias argentinas. Isso acontece principalmente devido ao calor e o baixo nível das águas.

A região também conta com outras espécies capazes de ferir os banhistas além dos peixes carnívoros, como arraias e serpentes.

A gestão da região de Santa Fé já havia solicitado que os turistas “não entrassem na água, tendo em conta que este período de baixa vai continuar por meses".

"Por causa da baixa excepcional do rio, os balneários de Laguna Setúbal só podem ser utilizados como solários. Os únicos lugares aptos para banho recreativo são as piscinas dos parques de Sur e Garay", completou a nota.