Notícias » Argentina

Diagnosticada com Covid-19, professora morre enquanto lecionava aula on-line na Argentina

Paola de Simone, de 46 anos, passou mal e desmaiou durante uma videoaula pelo Zoom

Penélope Coelho Publicado em 07/09/2020, às 09h44

Fotografia de Paola de Simone
Fotografia de Paola de Simone - Divulgação/Instagram

De acordo com informações do jornal The Sun, que foram divulgadas pelo portal de notícias UOL, uma professora da Argentina teve um trágico fim enquanto lecionava uma aula on-line pelo aplicativo Zoom.

Trata-se de Paola de Simone, de 46 anos, professora da UADE (Universidade Argentina da Empresa), a mulher faleceu na última quarta-feira, 2, após passar mal durante uma aula, anteriormente Paola havia testado positivo para o novo coronavírus.

No dia em questão, a professora reclamou para os alunos que não se sentia bem e que estava com dificuldades para respirar. Desesperados, os estudantes pediram para que de Simone passasse seu endereço para que eles pudessem enviar uma ambulância ao local, porém, não deu tempo e a mulher desmaiou. Quando o marido de Paola — que é médico — chegou em casa ela já estava morta.

Nas redes sociais, alunos e colegas descreveram de Simone como uma “professora inesquecível”. Em nota, a UADE lamentou a morte da funcionária, porém, a instituição foi questionada sobre os motivos pelos quais a mulher continuava dando aula já que estava infectada pelo novo vírus.

De acordo com informações do jornal Clarín, um dos estudantes gravou o momento em que a professora passou mal. Em nota, a faculdade pediu para que as pessoas honrassem "com respeito e gratidão a memória de Paola”.

Coronavírus na Argentina

De acordo com as últimas informações divulgadas pelos órgãos de saúde, a Argentina tem atualmente 478.779 mil casos de infecção pelo novo coronavírus, com 349.119 mil recuperados e 9.859 mil mortes.