Notícias » Pré-História

Dieta do homem das cavernas consistia em carnes e não em plantas

Novo estudo analisou um dente de uma mulher neandertal, extinta há mais de 20 mil anos

Alana Sousa Publicado em 22/03/2019, às 14h10

.
. - Getty Images

A teoria de qual teria sido a verdadeira dieta dos neandertais é debatida por pesquisadores do mundo há muitos anos. Inicialmente acreditava-se que esses povos pré-históricos se alimentavam apenas de plantas, baseando-se nas primeiras evidências encontradas. Entretanto, um novo estudo comprova que a carne era o alimento principal da dieta da espécie.

O autor do estudo, Dr. Jaouen, analisou um dente de uma mulher neandertal, encontrada em Les Cottés, na França. A raiz do dente possuía o registro da alimentação de quatro a oito anos da vida da mulher.

A datação por radiocarbono e a análise de isótopos de nitrogênio confirmaram sua principal fonte de alimento e a dieta foi à base de carne, incluindo grandes mamíferos como rena e cavalo.

A análise de isótopos de nitrogênio permite estudar separadamente os aminoácidos contidos no colágeno, para medir a posição de um organismo na cadeia alimentar. A partir do estudo, os pesquisadores descobriram que a proporção de elementos carnívoros eram superiores no corpo da mulher.

Os neandertais, eram considerados como homens primatas, sem muito conhecimento de ferramentas ou ações premeditadas. Nos últimos anos, esse estabelecimento vem sendo derrubado, por novas provas de que eles eram, na verdade, mais sofisticados do que se pensava. Caçando em grupo grandes animais, e enterrando seus mortos com o conceito de vida após a morte.