Notícias » Entretenimento

Diretor de ‘Marighella’ elogia ‘Medida Provisória’: ‘Muito orgulhoso’

Wagner Moura falou sobre o mais recente trabalho de seu amigo Lázaro Ramos; confira

Redação Publicado em 19/04/2022, às 09h03

Wagner Moura e Lázaro Ramos
Wagner Moura e Lázaro Ramos - Getty Images

Em entrevista concedida ao portal Splash, do UOL, o ator e diretor Wagner Moura — que dirigiu o filme brasileiro ‘Marighella’ (2019) — falou sobre o sucesso de uma outra produção que está chamando a atenção no cinema nacional. O longa em questão, coincidentemente também foi dirigido por um ator.

Trata-se do filme ‘Medida Provisória’ (2022), que estrou no último dia 14. O longa de Lázaro Ramosnarra um cenário futurístico de distopia e aborda o racismo estrutural no Brasil; assim como ‘Marighella’, o filme também trata de temas políticos.

Na entrevista recente, Moura elogiou o trabalho do amigo de profissão. Vale ressaltar que os artistas já trabalharam juntos no filme ‘Ó Paí, Ó’, de 2007:

“Eu estou muito orgulhoso de 'Medida Provisória’ [...] Assisti ao filme e fiquei super emocionado, acho tem a cara do Lázaro, sabe? É um filme que toca nas coisas que precisa tocar, mas é leve, tem humor. É a cara do Lazinho [Lázaro Ramos], que é essa pessoa que fala o que precisa falar sempre de um jeito que é leve, mas que não deixa de dizer o que é preciso”, disse Wagner.

Sobre ‘Medida Provisória’

Em ‘Medida Provisória’ (2022), o personagem principal, Antonio, interpretado pelo ator de descendência anglo-brasileira, Alfred Enoch — de ‘Harry Potter’ 'How to Get Away with Murder' — pede indenização ao Estado pelo tempo de escravidão dos negros no Brasil.

Com isso, o governo brasileiro passa a incentivar os descendentes africanos à retornarem para o continente, não demora muito para que a ação se torne obrigatória através da instauração de uma medida provisória, na qual a trama se desenvolve.

Confira o trailer

Leia a entrevista completa neste link