Notícias » Coronavírus

Diretor do Butantan afirma que instituto receberá 5,4 mil litros de insumo para CoronaVac em 3 de fevereiro

O governo de São Paulo confirmou a informação em uma coletiva de imprensa realizada na manhã desta terça-feira

Isabela Barreiros, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 26/01/2021, às 13h24

Imagem ilustrativa de vacina
Imagem ilustrativa de vacina - Pexels

Nesta terça-feira, Dimas Covas, diretor do Instituto Butantan, afirmou que o instituto receberá 5,4 mil litros de insumo para produção da vacina CoronaVac no dia 3 de fevereiro. O anúncio foi feito durante uma coletiva de imprensa realizada na manhã de hoje. As informações são do G1.

"Nós tivemos essa sinalização, de que a liberação desses lotes será feita de uma maneira muito rápida, começando por esses 5,4 mil litros que foram anunciados no dia de ontem [segunda-feira, 25] e chegarão aqui na próxima semana, com previsão do dia 3 de fevereiro", explicou Covas.

O diretor disse ainda que com esse insumo será possível fabricar por volta de 8,6 milhões de doses da vacina em 20 dias. No entanto, ele afirmou que mais 5,6 mil litros estão em um "avançado de liberação" pelo governo da China. O total previsto é de 46 milhões de doses.

"Na sequência, há um outro volume de 5,6 mil litros, que também foi anunciado pelo embaixador, que também está em processo de liberação. Com esses dois lotes, totalizando 11 mil litros, nós regularizaremos as nossas entregas ao Ministério [da Saúde] e o restante que deverá vir no que já está planejado até o final de abril, as 40 milhões de doses que temos contratadas até este momento", afirmou Covas.