Notícias » Brasil

Dois anos após o rompimento da barragem em Brumadinho, vítima da tragédia é identificada

De acordo com as autoridades, dez pessoas ainda continuam desaparecidas

Penélope Coelho Publicado em 28/05/2021, às 09h33

Deslizamento da barragem da Vale, em Brumadinho
Deslizamento da barragem da Vale, em Brumadinho - Getty Images

De acordo com informações publicadas na noite da última quinta-feira, 27, pelo G1, dois anos após o rompimento de uma barragem da Vale, em Brumadinho, Minas Gerais, o corpo de uma das vítimas da tragédia foi identificado. As informações foram divulgadas pelo governador do estado, Romeu Zema.

Segundo revelado na reportagem, a realização da identificação do corpo da vítima foi possível através de um fragmento de fêmur que foi encontrado em meio aos destroços da tragédia.

De acordo com a representante da Comissão dos Não Encontrados, Natália de Oliveira, a vítima em questão era Renato Eustáquio de Sousa, um soldador e mecânico, de 31 anos, que trabalhava na Vale há nove anos.

Fotografia de Renato Eustáquio de Sousa / Crédito: Divulgação/Arquivo Pessoal

 

De acordo com as autoridades, dez pessoas ainda estão desaparecidas desde a tragédia que ocorreu 25 de janeiro de 2019. Sabe-se que 270 pessoas morreram em decorrência do rompimento da barragem da Vale.

O Corpo de Bombeiros revelou que as buscas pelos desaparecidos haviam sido interrompidas em março, em decorrência da pandemia do novo coronavírus, contudo, voltaram no último dia 12 deste mês.