Notícias » Reino Unido

Dois homens foram considerados culpados pela morte de 39 imigrantes que tentavam chegar à Inglaterra

O caso aconteceu em outubro de 2019, quando os corpos foram encontrados dentro de um caminhão

Penélope Coelho Publicado em 21/12/2020, às 13h50

Imagem do caminhão com 39 corpos em seu interior
Imagem do caminhão com 39 corpos em seu interior - Divulgação/ITV London

De acordo com informações publicadas nesta segunda-feira, 21, pelo portal de notícias UOL, a justiça do Reino Unido determinou a condenação de dois homens pela morte de 39 imigrantes — em sua maioria vietnamitas—, em um caso que ocorreu no dia 23 de outubro de 2019.

Na ocasião, a polícia recebeu um chamado do serviço de ambulâncias local informando que diversos cadáveres foram encontrados dentro de um caminhão na região de Essex, na Inglaterra.

Acredita-se que as pessoas mortas pagaram aproximadamente 13 mil euros para entrarem ilegalmente no país europeu. As vítimas foram trancafiadas dentro de um contêiner no caminhão por cerca de 12 horas, de acordo com a perícia, a temperatura do ambiente atingia quase 39 ºC.

Após um longo julgamento, com a recente determinação, o caminhoneiro Eamonn Harrison foi declarado culpado em 39 acusações de homicídio culposo. O outro envolvido no crime, Gheorghe Nica — apontado como a pessoa responsável por arquitetar a travessia ilegal —, teve a mesma condenação. Além disso, ambos também responderão por tráfico de pessoas.