Notícias » Ciência

Dois novos marsupiais desconhecidos pela ciência são encontrados na Austrália

De acordo com o estudo, os animais são mamíferos e podem planar — apesar de ter um tamanho semelhante ao de um gato

Wallacy Ferrari Publicado em 12/11/2020, às 14h15

Montagem reúne fotos de par de marsupiais encontrado
Montagem reúne fotos de par de marsupiais encontrado - Denise McGregor / Jasmine Vink

Um par de bichanos nunca antes relatado na história da literatura científica foram fotografados em uma floresta na Austrália e documentados em um novo estudo, publicado na revista científica Nature's Scientific Reports. A análise reuniu as características observadas nos animais: barbatanas de planadores e o tamanho de um gato.

Os pesquisadores acreditam que tratam-se de marsupiais após ter acesso a amostras de DNA deles com alguns pelos que caíram ao chão, além de realizarem um extenso acompanhamento no comportamento dos bichos, concluindo também que os animaissão mamíferos, aumentando ainda mais a diversidade dos planadores.

Fotografia de um dos marsupiais recém descobertos / Crédito: Jasmine Vink 

 

A coautora do estudo, Kara Youngentob, disse explicou as adversidades da pesquisa em comunicado: "Este ano, a Austrália passou por uma temporada de incêndios florestais de gravidade sem precedentes, resultando em perda generalizada de habitat e mortalidade. Como resultado, houve um maior foco na compreensão da diversidade genética e na estrutura das espécies para proteger a resiliência em face das mudanças climáticas".

A análise acrescenta que, conforme pesquisas anteriores, os planadores de alta estatura podem viver até os 15 anos de idade. Os planadores estiveram entre maio de 2016 e junho de 2020 na lista de ameaçados de extinção pelo World Wildlife Fund (WWF), sendo retirados após a descoberta de um aumento de 52% de sua população em dois estados australianos — New South Wales e Queensland.