Notícias » Entretenimento

Dubladora de Round 6 diz que viu “apenas um pedaço” da série

Revelação foi feita em entrevista à programa australiano. Entenda!

Fabio Previdelli Publicado em 29/11/2021, às 14h00

Cena de 'Round 6'
Cena de 'Round 6' - Divulgação/ Netflix

Sucesso da Netflix, a série sul-coreana Squid Game, que no Brasil recebeu o nome de Round 6, é um dos grandes sucessos audiovisuais do ano. Acompanhada por mais de 214 milhões de contas, no entanto, a produção não foi assistida por uma importante pessoa para a narrativa nos EUA: Reagan To.

Dubladora da famosa boneca, que conduz o jogo mortal ‘Batatinha frita 1, 2, 3’, Reagan To, de apenas 10 anos, disse que não teve autorização de seus pais para ver a trama criada por Hwang Dong-hyuk

Tudo começou quando meu pai pediu a minha mãe para assistir Round 6, pois era a série mais popular do mundo naquela época. Eles não tinham ideia que era minha voz e quando chegou naquela cena eles estavam tipo, 'espera um segundo, essa é Reagan, é a voz dela'", revelou a garota em entrevista ao programa australiano The Morning Show. 

"Minha mãe pesquisou nas redes sociais e descobriu que pessoas estavam usando minha voz em vídeos do YouTube e até mesmo em um esquete do Saturday Night Live”, continua a jovem.

Por conta das cenas de violência, a pequena disse que não teve autorização de seus responsáveis para ver os episódios. "Minha mãe me mostrou apenas um pedaço, mas pausou antes da parte violenta. E até meu irmão de 14 anos não tem permissão dos meus pais para assistir."


Saiba mais sobre ‘Round 6’ 

Dirigida por Hwang Dong-hyuk, ‘Round 6’ acompanha a trajetória de um grupo de 456 pessoas que aceitaram um convite para participarem de uma competição que promete tornar o vencedor bilionário.  

As disputas são adaptações de brincadeiras infantis típicas da Coreia do Sul. No entanto, os competidores não são avisados que, caso percam as provas, precisarão pagar com a própria vida — o que tornam os jogos um intenso combate sangrento.