Notícias » Personagem

Dudu Braga, filho de Roberto Carlos, morre após longa batalha contra o câncer

O filho do cantor Roberto Carlos havia alcançado um ponto em que a condição era crônica

Ingredi Brunato, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 08/09/2021, às 17h24 - Atualizado às 18h14

Roberto Carlos ao lado do filho
Roberto Carlos ao lado do filho - Arquivo pessoal

O produtor musical Dudu Braga, de 52 anos de idade, que é filho do renomado cantor Roberto Carlos, morreu nesta quarta-feira, 8, após complicações causadas por seu câncer no peritônio, que é um tecido que reveste o interior do abdômen, incluindo os órgãos.

No passado

Segundo divulgado pela revista Quem, a condição havia alcançado um ponto irreversível. Apesar de diagnosticada em 2020, Dudu já tinha enfrentado um câncer de pâncreas em 2019. 

"O meu câncer voltou ano passado, apareceram três pontinhos no peritônio. Fiz o tratamento, fiquei bem, e voltou há um mês. Comecei a ter umas recidivas [retorno do câncer] de ter que voltar para o hospital. O meu aparelho digestivo estava ficando inflamado com uma certa facilidade", afirmou Braga em uma conversa com a Quem no início de agosto.

Apesar da gravidade da condição, a assessoria de imprensa da família informou ao veículo na época que o quadro do produtor musical era estável. 

"A gente não fala em cura, mas em 'cronificação' da doença. Sei que vou ter que conviver com isso para o resto da vida. A cura total só poderia ter acontecido lá atrás. Agora a doença vai aparecendo e vou tratando. Não é bom, mas antes assim. Ainda bem que tem tratamento", explicou o filho de Roberto Carlos

Nesse momento de crise, o apoio familiar foi fundamental para Dudu aguentar o difícil tratamento. Segundo contou ao veículo, sua esposa, com quem era casado há 17 anos, estava sempre no hospital com ele, e a filha pequena adotou uma rotina semelhante no seu período de férias do colégio. 

"A gente é uma família de muita fé: eu, Valeska, Laurinha [a filha dele], meu pai. As sessões de químio sempre dão uma baqueada, mas os pré-medicamentos que existem hoje em dia amenizam demais os efeitos colaterais. Ter as duas aqui é essencial para eu ter força. Elas e meu pai são minha inspiração", contou. 

O apoio

O cantor Roberto Carlos deu seu apoio emocional à distância. Embora estivesse vacinado, já era um senhor de 80 anos de idade, de forma que a família preferiu a cautela. 

"Por mais que no Einstein tenham todas as normas de segurança, que são bem rígidas, é um hospital. A gente tem que ter cuidadinho e preservar quem a gente ama", relatou Braga

Os tratamentos realizados por pelo produtor eram tantos que ele adaptou seu estilo de vida ao ambiente do hospital, e trabalhava de lá mesmo. "Faço o programa da rádio, as palestras, as lives, tudo aqui do hospital. Se tivesse um programa na TV, apresentaria daqui", disse ele, também em entrevista à Quem.