Notícias » Estados Unidos

Durante blitz, autoridades descobrem corpos de crianças dentro de porta-malas

De acordo com a polícia, a responsável pelos crimes é tia das vítimas

Penélope Coelho Publicado em 03/08/2021, às 09h33

Imagem meramente ilustrativa de porta-malas
Imagem meramente ilustrativa de porta-malas - Getty Images

De acordo com informações da agência de notícias AFP, publicadas na última sexta-feira, 30, pelo UOL, a partir de uma blitz de rotina realizada na cidade de Baltimore, nos Estados Unidos, um crime horrendo foi solucionado.

Segundo revelado na publicação, Nicole Johnson, de 33 anos, foi parada pela polícia na última sexta-feira, 29, por excesso de velocidade. Na ocasião, as autoridades confiscaram o automóvel da norte-americana, ao notarem que a mulher não tinha todos os documentos necessários.

De acordo com um jornal local, quando polícia informou que levaria o carro, Johnson teria dito: “Não importa, não estarei aqui em cinco dias [...] Todos me verão no noticiário fazendo minha grande estreia".

Ao realizarem uma inspeção no veículo, as autoridades encontraram dois corpos em decomposição enrolados em sacos plásticos dentro do porta-malas. De acordo com a polícia, as vítimas eram sobrinhos da mulher, uma menina de sete anos e um menino de cinco.

Segundo revelado na reportagem, Nicole teria cometido os crimes em maio do ano passado e continuou andando com os corpos no carro normalmente.

Para a polícia, a mulher informou que era responsável pelos sobrinhos desde 2019, ela afirmou que agrediu as crianças várias vezes e admitiu que a menina morreu após bater a cabeça no chão, contudo, não explicou a morte do garoto. Os crimes seguem em investigação.