Notícias » Estados Unidos

Durante gravação de filme, Alec Baldwin dispara arma cenográfica, mata diretora e deixa homem ferido

O caso envolvendo o ator norte-americano foi confirmado pelas autoridades de Santa Fé, no Novo México

Penélope Coelho Publicado em 22/10/2021, às 07h23 - Atualizado às 07h28

O ator Alec Baldwin em 2014
O ator Alec Baldwin em 2014 - Getty Images

Na noite da última quinta-feira, 21, o gabinete do xerife do condado de Santa Fé, no Novo México, Estados Unidos, informou que o ator Alec Baldwin, de 63 anos, disparou uma arma cenográfica durante as gravações do filme ‘Rust’, matando uma pessoa e deixando outra ferida.

"O gabinete confirma que os dois indivíduos baleados no set de 'Rust' foram a diretora de fotografia Halyna Hutchins, 42, e o diretor do filme, Joel Souza, 48, atingidos quando uma arma cenográfica foi disparada pelo ator e produtor Alec Baldwin", informa a nota.

De acordo com informações divulgadas pelo portal de notícias g1, a vítima fatal foi Hutchins, que chegou a ser levada de helicóptero até o Hospital da Universidade do Novo México, mas não resistiu aos danos causados pelo disparo.

Já o diretor foi atingido no ombro. Contudo, segundo revelado pela atriz Frances Fischer por meio de seu perfil nas redes sociais, Joel já foi liberado e deixou o hospital.

Segundo a reportagem, o disparo aconteceu durante a gravação de uma cena do filme de velho oeste estrelado e produzido por Baldwin. No entanto, ainda não foi divulgado se o caso ocorreu durante um ensaio ou filmagem final.

Após o ocorrido, as gravações do longa foram interrompidas e todas as testemunhas estão sendo interrogadas a fim de entender “como e que tipo de munição foi disparado".

Até o momento em que essa reportagem foi fechada, o ator, seus representantes e a produção do filme ainda não se pronunciaram sobre o assunto.