Notícias » Estados Unidos

Durante protestos pela morte de George Floyd, Trump se escondeu em bunker na Casa Branca, diz jornal

Segundo o jornal The New York Times, o presidente dos EUA foi transferido pelo Serviço Secreto por motivos de segurança

Vanessa Centamori Publicado em 01/06/2020, às 09h40

Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump
Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump - Getty Images

Na última sexta-feira, 29, durante os protestos pelo assassinato de George Floyd, nos Estados Unidos, o presidente do país, Donald Trump, se refugiou em um bunker na Casa Branca, em Washington. A informação é do jornal The New York Times de domingo, 31. 

Segundo o jornal, conforme os manifestantes chegavam perto da morada oficial da presidência, o Serviço Secreto, órgão encarregado da segurança presidencial, decidiu transferir Trump para o bunker.

Localizado nos subsolos do edifício do governo dos EUA, o depósito é projetado para ser usado em casos de emergências, como em atos de terrorismo. Não se sabe quanto tempo Trump ficou dentro do local, mas, segundo noticiou a publicação, ele e sua família  não chegaram a correr perigo.

Os protestos voltaram a ocorrer no último domingo, 31, em revolta contra a morte do ex-segurança George Floyd, asfixiado até a morte pelo policial Derek Chauvin. Mais uma vez, centenas de pessoas se dirigiram à Casa Branca. O foco dos manifestantes tem sido a luta contra o racismo. Eles ecoam a frase "Black Lives Matter" (Vidas Negras Importam) pelas cidades americanas, dito que também tem se espalhado pelo mundo por meio das redes sociais.