Notícias » Ucrânia

'É questão de tempo', diz presidente ucraniano sobre ataques russos a território da Otan

A fala se deu no último domingo, 13, após região próxima à Polônia ter sido atacada pela Rússia

Redação Publicado em 14/03/2022, às 07h24

O presidente ucraniano Volodymyr Zelensky
O presidente ucraniano Volodymyr Zelensky - Getty Images

O líder ucraniano Volodymyr Zelensky afirmou no último domingo, 13, que países membros da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) poderão ser atacados pela Rússia em breve, caso não seja criada uma zona de exclusão aérea militarizada com a inclusão de Kiev.

A fala do presidente se deu pouco após Moscou ter promovido um ataque aéreo a uma área militar em Lviv, que fica a cerca de 30 km da fronteira com a Polônia. Conforme informou o chefe de Estado, ao menos 35 pessoas morreram e outras 134 ficaram feridas.

"Digo novamente, se não fecharem nossos céus, é só questão de tempo para os mísseis russos caírem sobre o seu território, sobre o território da Otan, nas casas de cidadãos de países da Otan", declarou Zelensky em vídeo divulgado nas redes sociais.

De acordo com informações do UOL, a organização há muito vem relutando em aceitar o pedido do presidente ucraniano, uma vez que a entrada do país na aliança poderia ser interpretada pela Rússia como uma declaração de guerra.

"Lá não acontecia nada que pudesse ameaçar o território da Federação Russa. E isso somente a 30 km da fronteira da Otan", disse Zelensky. "No ano passado, tinha falado aos líderes da Otan, que se eles não fizessem sanções fortes e preventivas contra a Rússia, aconteceria isso, e nos estávamos certos.”