Notícias » Brasil

'É uma quadrúpede': Em encontro com apoiadores, Jair Bolsonaro insulta jornalista

Em reposta, a CNN disse "repudiar com veemência as ofensas e insinuações do presidente" contra a apresentadora Daniela Lima

Redação Publicado em 03/06/2021, às 08h30

Fotografia do presidente Jair Bolsonaro
Fotografia do presidente Jair Bolsonaro - Getty Images

Na última terça-feira, 01, o Presidente Jair Bolsonaro voltou a fazer comentários porlêmicos, que dividiram os brasileiros. Em encontro com seus apoiadores, o político ofendeu a apresentadora Daniela Lima, da CNN, chamando-a de “quadrúpede”.

Segundo a Folha, tudo começou quando, no Palácio da Alvorada, uma apoiadora do presidente citou uma fala da jornalista, que já havia sido distorcida anteriormente. No dia 26 de maio, Daniela iniciou uma de suas notícias dizendo: “Não saia daí porque agora, infelizmente, a gente vai falar de notícia boa, mas com valores não tão expressivos".

Durante a transmissão, então, a jornalista falou sobre o saldo positivo de empregos com carteira assinada criados em abril, cujo índice ainda é o menor de 2021. Nas redes sociais, contudo, a declaração de Daniela foi cortada e compartilhada apenas com o trecho: “Infelizmente, a gente vai falar de notícia boa”.

Dessa forma, ao ser questionado sobre o episódio, Jair Bolsonaro criticou a suposta fala da jornalista, mas sem citar Daniela. “Infelizmente, somos obrigados a dar uma boa notícia, mas não é tão boa assim não. É uma quadrúpede”, ironizou o presidente.

Em seguida, Bolsonaro continuou, ao comentar qual teria sido a suposta escolha feita por Daniela nas eleições de 2020. “Afinal de contas, acho que não precisa dizer de quem ela foi eleitora no passado”, enunciou o político, “de outra do mesmo gênero”.

Todo o diálogo foi compartilhado por apoiadores do presidente, através do canal 'Foco do Brasil', no YouTube. A CNN, por sua vez, repudiou o comentário de Bolsonaro, afirmando, em nota oficial, que “a liberdade de imprensa é um pilar fundamental em qualquer democracia e precisa ser protegida por toda a sociedade”.

“Apesar de não citar nomes, o presidente da República, Jair Bolsonaro, usou uma palavra muito ofensiva para criticar a âncora da CNN Daniela Lima durante conversa com seus apoiadores na tarde desta terça-feira. A empresa repudia com veemência as ofensas e insinuações do presidente”, afirmou a emissora, ainda em nota.