Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Ebrahim Raisi

Ebrahim Raisi: Irã anuncia cinco dias de luto em homenagem a presidente

Nesta segunda-feira, 20, foi confirmada a morte do presidente iraniano Ebrahim Raisi, após sofrer uma queda de helicóptero

Ebrahim Raisi - Getty Images
Ebrahim Raisi - Getty Images

Nesta segunda-feira, 20, foi confirmada a morte de Ebrahim Raisi, presidente do Irã, aos 63 anos. Isso ocorreu após ele e outras sete pessoas sofrerem um acidente de helicóptero; e agora o país terá cinco dias de luto em respeito à morte do político.

Conforme repercutido pelo O Globo, a queda da aeronave ocorreu no domingo, 19, durante um comboio presidencial. Vale mencionar que Raisi era presidente da República Islâmica desde a metade de 2021, sendo sucessor de Hassan Rouhani.

+ Morre Ebrahim Raisi, presidente do Irã, em queda de helicóptero

Agora, com a morte de Raisi, quem o sucederá na presidência do Irã será seu vice-presidente, Mohamad Mokhber, como presidente interino. Ele deve trabalhar junto aos Poderes Legislativo e Judiciário, e preparar palco para as próximas eleições presidenciais, que devem ocorrer "em um prazo máximo de 50 dias", segundo anúncio do aiatolá — líder supremo — Ali Khamenei.

Detalhes

Segundo a imprensa iraniana, o helicóptero que transportava Raisi era um entre três que marchavam em uma operação presidencial, e caiu em uma área remota do país. A IRNA afirmou mais cedo que a aeronave havia realizado um "pouso forçado", mas depois reconheceu o estado grave de risco de Raisi, após a queda que se deu perto da fronteira com o Azerbaijão.

Em comunicado, o governo iraniano prestou condolências a Ali Khamenei, e prometeu à nação que seguiria operando "sem interrupções". O aiatolá também descreveu o presidente como um líder "trabalhador e incansável", que ajudou no avanço e progresso do país.

Cumpriu sua promessa e sacrificou sua vida pela nação", escreve ele em comunicado.

As investigações apontam, até o momento, que o mau tempo tenha sido o causador do acidente. Ainda segundo O Globo, o Departamento de Estado dos Estados Unidos também voltou sua atenção ao caso, e disse que acompanhava de perto os relatórios do acidente.