Notícias » Brasil

Eduardo Bolsonaro ameaça a esquerda com “um novo AI-5”

"Se a esquerda radicalizar a esse ponto, a gente vai precisar ter uma resposta. E uma resposta pode ser via um novo AI-5”, disse o deputado em entrevista à jornalista Leda Nagle

Isabela Barreiros Publicado em 31/10/2019, às 13h57

None
- Getty Images

Em entrevista à jornalista Leda Nagle, Eduardo Bolsonaro, Deputado Federal (PSL-SP), declarou que se a esquerda brasileira radicalizasse, a resposta do governo poderia ser “um novo AI-5”. A afirmação do parlamentar foi publicada em vídeo nesta quinta-feira, 31, no canal no Youtube de Nagle.

"Tudo é culpa do Bolsonaro, percebeu? Fogo na Amazônia, que sempre ocorre — eu já morei lá em Rondônia, sei como é que é, sempre ocorre nessa estação— culpa do Bolsonaro. Óleo no Nordeste, culpa do Bolsonaro. Daqui a pouco vai passar esse óleo, tudo vai ficar limpo e aí vai vir uma outra coisa, qualquer coisa —culpa do Bolsonaro", disse.

"Se a esquerda radicalizar a esse ponto, a gente vai precisar ter uma resposta. E uma resposta pode ser via um novo AI-5, pode ser via uma legislação aprovada através de um plebiscito como ocorreu na Itália. Alguma resposta vai ter que ser dada", continuou o deputado federal (PSL-SP).

O filho do presidente da república Jair Bolsonaro se refere ao Ato Institucional nº 5, o mais radical dos atos sancionados durante o período da ditadura militar no Brasil. O decreto foi responsável pelo aumento da repressão, de mortes e inúmeros desaparecimentos de opositores do governo.