Notícias » Estados Unidos

Educadora americana acusada de manter relações sexuais com aluno paga 50 mil dólares de fiança

Ashton Alana McCluskey responderá o processo em liberdade após fazer sexo com garoto de 17 anos

Alana Sousa Publicado em 01/03/2021, às 15h00

Imagem da professora Ashton Alana Mccluskey
Imagem da professora Ashton Alana Mccluskey - Divulgação/Facebook

Nesta segunda-feira, 1, a professora americana Ashton Alana McCluskey foi liberada da prisão após pagar uma fiança de 50 mil dólares, algo em torno dos 278 mil reais. A mulher, que trabalha em um escola no estado do Alabama é acusada de ter relações sexuais com um de seus alunos.

Conforme noticiou o portal UOL, McCluskey é casada e tem 27 anos. Ela se entregou para a polícia local depois de saber que a investigação de seu caso estava tomando proporções graves. Assim, conseguiu pagar a quantia definida e responderá o processo em liberdade.

A americana teria feito sexo com um adolescente do Ensino Médio, o que pode resultar em uma sentença de até 20 anos, além da cassação de sua licença como educadora. O julgamento deverá ocorrer futuramente.

Alana McCluskey lecionava na Brooks High School pelos últimos três anos. O caso extraconjugal foi descoberto em janeiro de 2021; o jovem com quem ela se relacionou tem 17 anos — menor de idade perante a lei.