Notícias » Ucrânia

Saudado por autoridades: O egípcio que salvou crianças presas na Ucrânia

Islam el-Eiyshiri chegou a receber uma ligação do governo do Egito o agradecendo por seu feito

Ingredi Brunato, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 10/03/2022, às 15h48

Veículo armado circulando na Ucrânia
Veículo armado circulando na Ucrânia - Getty Images

Islamel-Eiyshiri, um jovem egípcio vivendo atualmente na Ucrânia, foi elogiado pela própria Ministra de Emigração e Expatriados Egípcios, Nabila Makram, durante uma ligação telefônica ocorrida na última quarta-feira, 9. 

O motivo do enaltecimento foi a decisão de Islam, que trabalhava como guia turístico no país, de viajar por 500 quilômetros e arriscar a própria pele para salvar duas crianças que estavam presas em Kiev, capital da nação. O caso foi repercutido pelo site Ekypt Today. 

A cidade se tornou uma zona de conflito após a invasão da Ucrânia pela Rússia, de forma que é difícil se movimentar pelo local sem ter encontros — possivelmente letais —com tropas russas. 

Após ouvir falar da situação dos pequenos, assim como do desespero do pai deles, um iemenita (isto é, nativo do Iêmen, país árabe), o egípcio explicou que teria sido tomado por um "senso de responsabilidade" que guiou seus atos heroicos em meio a um contexto de guerra.

Para a representante do governo do Egito, el-Eiyshiri seria um exemplo a ser seguido, e ainda um episódio que trouxe orgulho para a nação.