Notícias » Itália

“Eles trazem azar”: turista devolve artefatos roubados de Pompeia após 15 anos

Em carta curiosa, a mulher pede para que os objetos amaldiçoados sejam devolvidos para seu local de origem

Alana Sousa Publicado em 12/10/2020, às 11h00

Ruínas de Pompeia
Ruínas de Pompeia - Divulgação

Há 15 anos, uma turista canadense roubou artefatos do sítio arqueológico de Pompeia, agora ela insiste que as relíquias sejam levadas de volta a seu local de origem, pois, segundo ela, estão amaldiçoadas. As informações são do jornal The Guardian.

Identificada como Nicole, a mulher enviou uma carta confessando seu crime para uma agência de viagens da região. Junto a declaração, ela encaminhou uma caixa que contém todos os objetos que foram furtados em 2005, sendo eles: dois mosaicos, pedaços de uma ânfora e uma peça de cerâmica.

Durante a última década, a canadense afirma ter sofrido com problemas financeiros e ter lutado contra câncer de mama, duas vezes. “Somos boas pessoas e não quero passar essa maldição para minha família ou filhos”, relatou Nicole.

Ainda que insólita, a carta chamou a atenção dos funcionários da agência de viagem, que ficaram impressionados com as palavras da turista. “Nós os levamos sem pensar na dor e no sofrimento que essas pobres almas experimentaram durante a erupção do Vesúvio e sua terrível morte”, explicou. “Lamentamos, por favor, nos perdoe por fazer esta escolha terrível. Que suas almas descansem em paz”.