Notícias » Personagem

Elizabeth II havia declarado que Philip era a sua 'força e estabilidade'

Após 73 anos de companheirismo, a Rainha da Inglaterra se despediu de seu marido neste sábado, 17

Redação Publicado em 17/04/2021, às 12h17 - Atualizado às 12h56

O casal em maio de 2015
O casal em maio de 2015 - Getty Images

Na última semana, o Reino Unido declarou luto após a morte do príncipe Philip. Marido da monarca Elizabeth II, o Duque de Edimburgo faleceu aos 99 anos, no dia 9 de abril, sem ter a causa da morte revelada.

Contudo, o funeral do companheiro de Elizabeth só aconteceu neste sábado, 17, na famosa capela de St. George, localizada no castelo de Windsor, em Londres.

Diante da pandemia do novo coronavírus, a cerimônia, que geralmente conta com amantes da família de Lilibet,foi restrita a 30 pessoas. Com a presente dos filhos e netos, o funeral é mais um dos momentos marcantes da família de Elizabeth II. 

Registro do caixão de Philip /Crédito: Divulgação/Youtube/Família Real 

 

"Nós nos lembraremos hoje de Philip, duque de Edimburgo, agradecendo-lhe por sua fé e lealdade resolutas, por seu alto senso de dever e integridade", afirmou Justin Welby, o arcebispo de Canterbury, que conduziu a cerimônia.

Durante o episódio, um dos mais marcantes momentos, sem duvidas, foi a presença da rainha. Afinal, foram 73 anos ao lado de Philip. A união resultou no nascimento de quatro filhos, um total de oito netos e nove bisnetos. 

Conforme repercutido pelo Washington Post, o casamento foi o mais duradouro da família real. Em 1997, a mãe do príncipe Charles chegou a falar sobre a importância do duque de Edimburgo em sua vida: 'Ele tem, simplesmente, sido minha força e estabilidade todos esses anos'.