Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Elon Musk

Elon Musk volta atrás e desiste da compra do Twitter

Elon Musk, atual homem mais rico do mundo, desistiu da compra do Twitter nesta sexta-feira, 8

Redação Publicado em 08/07/2022, às 20h25

Elon Musk, homem mais rico do mundo - Getty Images
Elon Musk, homem mais rico do mundo - Getty Images

Elon Musk, hoje o homem mais rico do mundo, desistiu de comprar o Twitter, conforme informado nesta sexta-feira, 8. O tema, que envolvia um acordo de US$ 44 bilhões, que instigou internautas nos últimos meses, foi marcado por polêmicas: de contas falsas e 'liberdade de expressão'. 

Através de um documento enviado ao órgão regulados de negócios dos EUA, a SEC, Musk citou uma 'violação material de várias disposições' do que fora acordado. Musk alegou que o Twitter 'falhou'. 

"O Twitter falhou ou se recusou a fornecer essas informações. Às vezes, o Twitter ignorou os pedidos de Musk, às vezes os rejeitou por razões que parecem injustificadas e, às vezes, afirmou cumprir ao fornecer informações incompletas ou inutilizáveis a Musk", diz o documento.

Polêmicas

Quando o acordo fora anunciado, Musk bateu na tecla 'liberdade de expressão', tem que dividiu internautas: "A liberdade de expressão é a base de uma democracia em funcionamento, e o Twitter é a praça da cidade digital onde são debatidos assuntos vitais para o futuro da humanidade", disse Elon Musk.

Além disso, outro ponto que causou discordância foi o número de contas falsas na plataforma. A defesa de Musk relatou que ele tentou avaliar quantas das 229 milhões de contas seriam falsas, todavia, fora citado que a plataforma apenas concordou em detalhar os métodos utilizados para determinar o número de contas.

Assim, os advogados de Musk enxergam que isso seria como recusar os pedidos feitos pelo bilionário, que quer acessar os dados de levantamentos do Twitter.