Notícias » Música

O rei ainda vive: Elvis Presley terá serviço de streaming com seu acervo pessoal em 2022

O canal do Rei do Rock será sustentado por anunciantes e contará com documentários e filmes de outras lendas da música

Wallacy Ferrari, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 21/07/2021, às 16h03

Elvis em retrato de 1958
Elvis em retrato de 1958 - Wikimedia Commons / Rossano aka Bud Care

A empresa de streaming Cinedigm anunciou que fará uma parceria com a Elvis Presley Enterprises, responsável pelos direitos autorais de Elvis Presley. A ideia é disponibilizar um canal de streaming com o acervo do Rei do Rock junto a outras figuras da música norte-americana, conforme noticiou a CNN Brasil.

Com o nome ‘Elvis Presley Channel’, o serviço será mantido por anunciantes e contará com apresentações históricas, documentários e filmes licenciados sobre a vida e obra do Rei do Rock — mas não apenas dele, prometendo filmagens de lendas como Roy Orbison e Johnny Cash.

Além disso, Marc Rosen, presidente de entretenimento do Authentic Brands Group (ABG), empresa que administra a Elvis Presley Enterprises, acrescentou que há possibilidade de realizar série originais, com produtoras independentes destacando o impacto cultural da música e, em especial, do astro que dá nome ao serviço.

"Estamos entusiasmados com a parceria com a Cinedigm para lançar o Elvis Presley Channel. [...] O fandom (base de fãs) de Elvis é incrivelmente apaixonado e o Cinedigm é o melhor da categoria quando se trata de servir a uma base de fãs fervorosos", concluiu. A previsão de lançamento é para 2022.